A preguiça das pessoas chegou a um nível inesperado

, ESCRITO POR

Você já se sentiu usado? Já teve pessoas querendo sua ajuda para fazer coisas super simples que qualquer um tem a capacidade de fazer? Neste artigo eu quero falar sobre uma preguiça que tem dominado todas as pessoas ao meu redor.

Muitos pensam que eu sou uma pessoa inteligente, que entendo tudo de computador, sites, informática, hardware, software, programação e outras toneladas de assuntos. Já eu penso o inverso, as pessoas que são muito preguiçosas e burras.

Eu não fiz nenhuma faculdade, não gosto de ler nem estudar. Porém eu tenho uma habilidade chamada paciência e coragem. Eu nunca procuro ajuda de alguém sem antes tentar resolver sozinho. Eu não vejo problema em pedir ajuda, mesmo em coisas simples, mas existem limites!

A preguiça das pessoas chegou a um nível inesperado

As vezes a pessoa recorre a sua ajuda mesmo depois de ter procurado outras fontes, nesses casos a gente fica ansioso e feliz em ajudar. Só que as vezes a gente cria uma expectativa tão grande de que vamos ser útil para algo, mas essa expectativa é quebrada com uma dúvida muito simples e que as vezes a resposta se encontra na pergunta.

Gosto de fortalecer várias vezes porque tem gente que lê e interpreta de forma errada! Eu estou referindo a pessoas que tem preguiça de ir atrás das coisas, não de pessoas que realmente não entendem do assunto ou não sabem procurar por respostas.

As pessoas só me procuram com interesses

Eu já cansei de contar as horas e dias solitários nas redes sociais e no whatsapp sem absolutamente ninguém mandando mensagem para conversar. Até que finalmente uma pessoa resolve me mandar uma mensagem com o tradicional oi e tudo bem.

Logo depois eu sou surpreendido com a seguinte pergunta: Como se diz isso em japonês? Ou Qual a tradução disso? Eu respondo sem problemas, mas eu fico pensando: Porque essa pessoa não vai no Google Tradutor ou Dicionário?

Outras pessoas amam me pedir links para certas ferramentas, onde ele poderia simplesmente ir no Google e digitar o nome da ferramenta ou do site que ele quer acessar. Isso sem mencionar aqueles que pedem pra enviar a imagem que está no status, sendo que eles simplesmente podem tirar um print.

A preguiça das pessoas chegou a um nível inesperado

Infelizmente essa é a realidade, ninguém te procura sem segundas intenções… E se você tentar reclamar, essa pessoa ameaça dizendo coisas como: E aquela vez? Não somos amigos? E até mesmo aquela frase “larga de preguiça” que eu queria pegar e enfiar na garganta dela.

Essas pessoas também podem ser chamadas de Parasitas, já que apenas suas presenças, roubam, mesmo que inconscientemente, as energias das pessoas com quem convivem.

O objetivo desse artigo é reclamar dos preguiçosos e incentivar essas pessoas a serem independentes. Em vários momentos eu vou citar o Google como um grande ajudador para a maioria de suas dúvidas ou coisas que procura.

Infelizmente alguns acreditam que o Google pode mostrar uma notícia falsa ou traduzir alguma palavra errada. Se você realmente tem dúvida em algo, não exulte em perguntar a um amigo. Não se deve confiar sempre no Google. Mas ele não vai te decepcionar ao procurar determinada coisa.

Ser preguiçoso cansa mais do que agir

As vezes a pessoa tem a capacidade de fazer toda uma introdução de conversa para pedir link de um site que poderia ser facilmente achado pelo Google. Eu estou falando de sites simples achados na primeira página buscando por uma simples palavra e não links específicos.

O tempo que a pessoa gasta pedindo um link de determinado artigo pra mim é muito maior do que ela mesmo procurar no Google. Muitos me fazem perguntas que você pode encontrar um artigo detalhado sobre o assunto apenas escrevendo a pergunta no Google.

As vezes eu gosto de zoar essa preguiça enviando links do site permita.me que permite eu criar uma pesquisa simulada do google e ainda jogar um sarcasmo no final com uma mensagem dizendo: Difícil ne?

A preguiça das pessoas chegou a um nível inesperado

Essa geração preguiçosa aprendeu a ganhar tudo na mão e não corre atrás de absolutamente nada sozinho, tornando-se assim cada vez mais burra. Se as pessoas ao menos procura-sem a ajuda do Google iria poupar o tempo de muita gente e ela também vai aprender muito mais.

Eu estou disposto a ajudar todos, posso responder dúvidas de japonês, dúvidas de marketing e SEO, compartilhar links ou enviar imagens que as pessoas procuram, mas elas ao menos devem se certificar antes de que não conseguem fazer isso sozinhas.

Se ela está com duvida ou não tem certeza de algo, procurar ajuda também pode ser necessário, mas certifique-se de que o Google não tenha a resposta certa a suas perguntas. Caso queira ouvir minha opinião sobre um assunto, então não pergunte coisas obvias demais.

Não se torne um parasita, se mova, você não é uma árvore.

Entendendo a limitação das pessoas

Eu reconheço a limitação das pessoas, eu sei que muitos não o costume de mexer em computadores, ou são muito leigas em determinados assuntos. Ainda assim, eu sempre recomendo a essas pessoas buscar o conhecimento elas mesmas.

Se você se tornar uma pessoa independente, você vai ganhar uma habilidade chamada autodidatismo, vai se tornar cada vez mais inteligente e vai aprender facilmente as coisas sem depender de buscar ajuda do Google ou de Outra pessoa.

Eu também sou uma pessoa limitada! As pessoas acham que por trabalhar com computadores eu tenho a obrigação de saber hardware ou mexer com celulares. Já colocaram diversas vezes um android na minha mão para resolver algumas questões.

A preguiça das pessoas chegou a um nível inesperado

Eu não sei absolutamente nada de android, eu fico totalmente perdido quando alguém coloca um android na minha mão. O que eu faço? Eu simplesmente vou no Google e pesquiso pela solução na frente da pessoa.

Eu entendo que muitos não estão acostumados a usar computadores ou mesmo o Google. Só que eu estou reclamando de pessoas que sabem usar a internet, vivem online e alguns até trabalham pela internet. Como eles não tem a capacidade de buscar respostas no Google?

O caminho dos preguiçosos é cheio de obstáculos, ao passo que o do diligente não tem quaisquer embaraços.

A preguiça explora as pessoas – Parasitas

As vezes me sinto explorado, como se eu estivesse dando aulas particulares de um curso online, sem receber nada em troca. Eu mau tenho tempo para respirar, de tantas pessoas me procurando por interesses.

Quando eu escrevo um texto ajudando as pessoas no Google ou respondo comentários, eu estou trabalhando. Muitas vezes eu tenho que responder dúvidas que eu pessoalmente acho muito simples, mas que as outras pessoas não tem nenhum conhecimento.

A preguiça das pessoas chegou a um nível inesperado

A maioria dessas pessoas que eu ajudo encontraram a resposta a essas perguntas buscando no Google. Eu passo o dia ajudando pessoas escrevendo meus artigos e aceito sugestões e escrevo ou respondo detalhadamente com prazer.

Eu inicialmente criei o site com objetivo de não apenas ajudar as pessoas, mas eu também. Ao escrever eu adquiro mais conhecimento, eu pesquiso e reflito nas coisas que eu faço. Não me importo nenhum pouco de ajudar qualquer pessoa.

Porém, essa preguiça de buscar coisas simples por conta própria e ficar dependendo da ajuda sobre um conhecimento que nem eu tenho, já me irrita. Muitas vezes eu tenho que pesquisar no Google pra dar a resposta ao invés da pessoa que a procura.

Por isso, a todas as pessoas preguiçosas! O google foi feito para ajudar! Tente usa-lo ao invés de tomar o tempo de uma pessoa sem precisão. Apenas se você quer ter plena certeza ou opinião de um amigo, ele vai estar de portas abertas para conversar sobre o assunto e te ajudar o máximo possível! Seja mais independente!

Novamente eu digo, não me importo de que me perguntem nada e tenho total prazer em ajudar! Porém, digo pelo seu próprio bem, aprenda se virar sozinho, porque você não vai ter eu toda a vida. Você só tem a ganhar se tornando independente!

Por Favor! Compartilhe Nosso artigo:

Deixe uma resposta