Por que a briga entre Homossexuais e Religiosos?

ESCRITO POR

Hoje quero escrever sobre um assunto meio offline que me incomoda e com certeza gera muita polêmica. Quero discutir sobre a briga entre religiosos que seguem bíblia e os homossexuais LGBTQ+…

Por que estou escrevendo esse artigo? Bem, direto eu me deparo com uma publicação nas redes sociais e vejo essas discussões. Então como esse é meu blog pessoal, ao invés de perder tempo escrevendo um longo comentário, melhor deixar tudo isso em um artigo e apenas mandar um link nesses posts.

Ambos os lados estão errados e cometem diversos vacilos. Alguns religiosos realmente são homofóbicos e não tem nenhum respeito com a comunidade LGBTQ+, só que a mesma coisa acontece de forma invertida.

Muitos da comunidade homossexual são ateus e simplesmente desprezam as crenças religiosas. Ambos os lados acabam sendo hipócritas e fazendo exatamente o contrario do objetivo que eles desejam alcançar.

Eu não quero ofender nenhum dos lados. Infelizmente cada ser humano tem uma maneira de interpretar o texto, então por favor, tentei ao máximo evitar qualquer expressão que acabe gerando ódio e discussão. Vamos ver se eu consegui rsrsrs.

O erro dos religiosos contra o LGBTQ+

Acho que ambos os lados estão cientes de que deus é amor, e que ele ama todas as pessoas. Ele também deu o livre arbítrio para as pessoas fazerem o que quiser e quando quiser. Os religiosos devem sim respeitar totalmente a decisão das pessoas sem agir com homofobia ou exclusão.

Nas mesmas passagens que a bíblia condena a homossexualidade, ela também condena a fornicação (sexo antes do casamento) e o adultério (pular cerca, relacionamentos extra-conjugais). A bíblia condena também muitas outras coisas relacionadas com sexo, até mesmo a linguagem obscena nem deve ser mencionada entre os cristãos.

Se um cristão tivesse que agir de forma desrespeitosa com um homossexual, ele também deveria fazer a mesma coisa com quem prática sexo antes do casamento (99% das pessoas) ou prática outras formas de pecado. Então, um cristão que exclui ou trata de forma desrespeitosa um homossexual, está sendo muito hipócrita e um grande idiota.

É muito mais fácil para um cristão heterossexual sentir repulsa pela prática homossexual do que pelo sexo antes do casamento ou por coisas imorais. Até porque todos tem forte desejo carnal pelo sexo. Por isso acaba se tornando visível um certo tratamento diferente dos cristãos com as coisas homossexuais diferente das heterossexuais.

Eu mesmo sinto a necessidade de pular cenas de beijos homossexuais, assim como pulo cenas de sexo ou de violência extrema nos filmes e séries. Não acredito que isso seja uma forma de preconceito, apenas não quero ver porque acho a prática errada e também porque sou hétero e não gosto.

Agora alguns homossexuais podem ficar ofendidos porque disse que não gosto de ver simples cenas de beijo por ser hétero? Mas eu também não tenho livre arbítrio pra decidir o que assisto ou não? Acho que todos temos liberdades para gostar ou não de algo.

Eu odeio funk, mas nem por isso odeio funkeiros. Eu odeio android, mas nem por isso odeio os usuários. As únicas pessoas que odeio são haters e fanboys sem capacidade mental de raciocinar. E ainda assim eu sempre discuto nos fóruns de games de forma comportada e respeitosa.

Se eu não gosto de algo, é normal ficar longe de coisas relacionadas a isso. Se eu quero evitar me envolver com linguagem obscena, eu fico longe de pessoas que utilizam esse linguajar, mas não tenho ódio, preconceito ou desrespeito com essas pessoas.

Teve uma época que eu tinha um ódio gigantesco pela cultura brasileira. Cheguei até o ponto de odiar muitos brasileiros, as vezes via um jovem na rua e já pensava: “Esse ai tem cara de bandido”.

Eu não queira ser desrespeitoso, mas acabou que naturalmente eu criei e juguei pessoas sem nem conhece-las. Eu até cheguei a ir num psicólogo para entender porque eu tinha tanto ódio do Brasil. Não seja esse tipo de pessoa!

Se você for uma pessoa religiosa, nunca trate alguém de forma desrespeitosa apenas porque ela faz parte do LGBTQ+. O fato da pessoa praticar algo que você considera um pecado, não te da direito de juga-la ou trata-la de forma desrespeitosa.

Cuidado ao tentar dizer a pessoa que ela está cometendo um pecado. A maioria dos homossexuais não são cristãos, tentar convence-lo a largar seu estilo de vida é a mesma coisa de tentar falar português com um japonês que não conhece o idioma.

O erro dos homossexuais contra os religiosos

Não apenas a comunidade homossexual, mas praticamente todos os movimentos, seja machismo, feminismo, vegano, político e inclusive as religiões, tem a tendencia de criticar, não aceitar e desprezar pessoas que tem pensamentos diferente dos deles. 

Basta caminharmos nos comentários de sites de jogos e tecnologia para vermos o ódio entre os visitantes que tem gostos e pensamentos diferentes. Infelizmente nosso mundo está cheio de ódio e falta de respeito, independente da causa. 

É normal as pessoas que tem certo pensamento, tentar expandir suas ideias em outras pessoas. Também é normal ficarmos tristes, decepcionados e com raiva de pessoas que não compartilham das mesmas ideias que a gente.  

A verdade é que ninguém anda respeitando o direito de escolha e de pensamento dos outros. Hoje vivemos na era do politicamente correto, ao mesmo tempo que o mundo se deturpa num ambiente sem lei e cheio de desgraça. 

Da mesma forma que os homossexuais desejam ter respeito pelo seu direito de escolha. Eles também precisam respeitar os religiosos que acreditam que tal pratica é errada. Isso não tem absolutamente nada haver com preconceito, homofobia, desrespeito ou coisas do tipo.  

Não se deve criticar e odiar inteiramente um movimento por causa de um ser humano infeliz e insignificante que fez determinada coisa contra você. Se um religioso te ofendeu ou agiu de forma preconceituosa, simplesmente odeie ele e não a deus ou as religiões. Infelizmente as pessoas tem uma tendência de generalizar as coisas.  

Os homossexuais já tem o livre arbítrio para fazer o que quiser com a vida. Se eles lutam por respeito, acredito que seja compreensível eles respeitarem a decisão de religiosos em se manterem isentos de assuntos ou por decidirem não apoiar a causa.  

Em momento algum isso é falta de respeito, preconceito ou homofobia. Acho que a comunidade LGBT+ deve respeitar o direito de escolha de religiosos ou não, de optarem por uma posição de neutralidade. Eu sei que isso é difícil, já que hoje vivemos uma guerrinha entre a direita e esquerda na politica, onde aqueles que preferem se manter neutros, são fortemente criticados por não tomarem um lado. 

Não existe alguém certo ou errado, com tanto que nenhum dos dois lados ultrapassem o limite do ético e respeitoso. Se você esta sento tratado com desrespeito, corra atras dos seus direitos e da justiça, mas não fique descontando aleatoriamente nas pessoas que tentam seguir um estilo de vida baseado em seus próprios princípios. Tente se colocar no lugar das outras pessoas. 

Ódio apenas gera mais ódio. Com certeza, homofobia, preconceito, racismo e coisas como essas são inaceitáveis e precisam de punição. Só que acho desnecessário se rebaixar ao nível do agressor. Por isso, pense bem e analise a situação antes de entrar em briguinha com pessoas que tem pensamentos diferentes do seus. 

Se deus condena a homossexualidade, por que me criou assim?

A luta que um homossexual enfrenta para resistir a pressão e os desejos é a mesma luta que um heterossexual precisa enfrentar para resistir ao sexo antes do casamento (fornicação) e outras práticas condenadas pela bíblia.

Claro que tem suas diferenças, infelizmente um homossexual sofre preconceito mesmo de pessoas sem religião, mas religiosos também sofrem haterismo de ateus e outros. A realidade desse mundo é que até mesmo os religiosos se entregam ao pecado. Não tem ninguém perfeito, todos erram.

Um religioso não é melhor que um homossexual e vice e versa. Não tem ninguém melhor que ninguém, todos sofrem problemas, todos enfrentam consequências por suas escolhas. Alguns sofrem menos, outros sofrem mais, o importante é encarar os desafios com um sorriso no rosto ao invés de problematizar tudo.

Se você acha difícil ser homossexual por causa da sociedade, você não é especial e nem está sozinho. Muitas pessoas enfrentam problemas que podem ser tão difíceis quanto. Alguns nem se quer tem o prazer de nascer com a possibilidade de ter relações sexuais.

Outros nascem cegos, surdos, aleijados ou as vezes pior, nascem em boas condições mas acabam tendo toda sua vida virada por causa de uma doença ou acidente. Você não é exclusivo por ser homossexual, o ódio e racismo domina em todas as partes.

Não se odeie e nem odeie as outras pessoas. Se orgulhe de você e tente conseguir o melhor das outras pessoas. Não é preciso ser LGBT+ pra sofrer críticas, ódio ou preconceito, a vida em si é difícil. Utilize suas diferenças a seu favor e não contra!

As pessoas zombam de mim por não fazer sexo antes do casamento. As pessoas criticam por seguir fortemente crenças e por deixar de fazer coisas que eles consideram divertidas. Eu também sofro muita pressão e preconceito por tentar fazer o que acho correto.

Se você é ateu ou não cristão, pra que se preocupar com crenças alheias? Por que não se preocupe apenas com seus direitos e com a homofobia que enfrenta? Agora, se você é um homossexual que acredita em deus e acredita que seu estilo de vida é errado. Você pode vencer essa tendência.

A homossexualidade está presente na bíblia desde o começo. Muitos se tornavam eunuco e serviam no templo, pode ser que eles tinha desejos homossexuais. Pode parecer injusto sacrificar seus desejos naturais, mas EU acredito que esse é a única forma correta de servir ao Deus da bíblia.

Muitos distorcem a palavra de deus deixando cada vez mais acessível para qualquer tipo de pessoa seja salva sem fazer nenhum esforço. Deus é amoroso e perdoador, mas ele também é justo e matou a maioria dos israelitas no ermo por causa de sexo.

Bem, isso já entra no que eu acredito, e não quero discutir sobre isso. Eu acredito que se for pra servir a Deus tem que negar tudo desse sistema por mais impossível que seja, mas se você acha que não consegue, aproveite seu livre arbítrio e faça o que quiser. Servos de Deus de verdade não vai te julgar pelas suas escolhas! Só fanáticos hipócritas que agem de forma idiota com homofobia.

Não estou aqui para falar de minhas crenças nem pregar, até porque acho que internet não é o lugar disso. Apenas quis destacar que não é fácil servir a Deus corretamente, acredito que seja tão difícil quanto, já que você precisa levar um estilo de vida diferente da sociedade hoje.

Então, antes de sair matando em briguinhas desnecessárias! Religiosos e Homossexuais, tenham respeito entre si. Ambos tem seus prós e contras. Ninguém é melhor que ninguém! Por isso, tenha respeito pelas crenças e escolhas um do outro. E não se vitimize demais, tenha bom senso! Tenha orgulho do que você é! Pare de levar a sério os idiotas…

Por Favor! Compartilhe Nosso artigo:

Deixe uma resposta