Data marketing: Saiba o que é e como usar essa estratégia

Tired of Slow Hosting? Click here and learn how to use Digital Ocean, also earn $ 100 to use on your Cloud hosting! Learn How to configure it without accessing terminals and codes!

O data marketing é uma das estratégias que está ganhando cada vez mais usuários nos últimos anos. As grandes empresas já utilizavam dados para a construção de novas estratégias, mas com os novos programas, sua utilização foi aprimorada.

É nítido a tentativa constante de inúmeras empresas em registrar o padrão de compra de seus consumidores e leads (possíveis clientes) de modo  a mapeá-los e construir estratégias de marketing mais assertivas que justifiquem o investimento realizado.

Em outras palavras, a obtenção de dados gera os insights utilizados pela empresa. Para que esses dados sejam coletados é necessário extraí-los dos próprios consumidores e leads.

Existem até diversas companhias que prestam IT support for small businesses e outras que fazem as chamadas consultorias, onde por meio da análise de desempenho são propostas soluções que visam aumentar os ganhos gerados.

Há muitos consumidores que infelizmente não dão o devido valor para esse tipo de estratégia, principalmente se tratando de segmentos onde existe um volume grande de clientes e a impressão é de que se a casa está cheia, está tudo certo.

Muitos fatores que podem envolver o volume de clientes, a concorrência, as ações e a qualidade da comunicação com o consumidor devem ser levados em conta antes de tomar um veredito que tudo está correndo bem.

Casa cheia é um sinal bom, mas podem haver fatores que mitigam esses resultados ou mascaram a realidade. Para saber se é o caso da sua empresa, é preciso saber realizar a análise de dados cuidadosamente.

Hoje falaremos do data marketing, com o objetivo de mostrar para você a importância da obtenção de dados e como adquiri-los sem invadir a privacidade dos seus consumidores.

Ao final do artigo, ela pode beneficiar o seu empreendimento em diversos setores.

Pen business eyewear research

A relevância do data marketing

Dados são a melhor forma de nortear as ações de uma empresa. O Google, por exemplo, é uma empresa baseada em bilhões de dados que são utilizados de diversas formas em mais de 100 ferramentas diferentes.

Note que existe um tipo de ferramenta para praticamente todas as ações do nosso dia, como: mapas, aplicativos de transporte, comida, supermercado, entregas, festas, bebidas, cupons de desconto, roupas, agendamentos, mensagens e outros.

Existem até ferramentas dentro de nosso celulares que calculam o uso diário e o tempo que ficamos especificamente em cada aplicativo de modo a mapear todas as nossas ações. Sempre que instalamos algo no celular ou computador aceitamos diversos termos de uso.

Esses termos são aceitos em troca de internet solutions para diversas situações que vivemos. É claro que existem leis como a recente LGPD (Lei Geral de Proteção aos Dados) que obrigam a utilização saudável dos dados obtidos por essas empresas.

Praticamente todas as empresas utilizem esses dados no Data Marketing, que tem como objetivo gerar os seguinte benefícios:

1- Facilitar a tomada de decisões 

Uma empresa que deseja construir um ambiente de investimentos mais seguro e assertivo precisa ter uma boa base de dados. Não se pode colocar o dinheiro de uma corporação simplesmente no achismo.

Tomar uma decisão que envolve todo o desenvolvimento de um projeto que irá demandar de todos os funcionários da empresa não é algo fácil. 

O data marketing ajuda a entender de forma coesa o padrão de consumo das pessoas que consomem diversas marcas.

Deste modo, é possível criar as melhores estratégias e encaminhar os diferentes investimentos para melhorar os resultados da marca.

2 – As tendências são compreendidas mais rapidamente

Existem ramos em que o trabalho é fixo e baseado no cumprimento de tarefas  como uma consultoria contábil, mas há outros segmentos onde é necessário estar sempre atento às novas tendências. 

O Data marketing é o responsável por verificar as mudanças de consumo que podem significar a geração de uma tendência. Quanto antes os gestores identificarem elas, mais fácil será a adaptação para essa mudança.

Assim, é possível se prevenir de futuros prejuízos ou até surfar na onda e conseguir um lucro bem interessante. De todo o modo, os dados funcionam como válvulas de segurança que ajudam as empresas na compreensão das mudanças.

3 – As empresas passam a ser competitivas

Quanto mais aplicado o data marketing for, maior será o entendimento sobre a maneira como seus clientes agem. 

Se o seu produto corresponder aos clientes e resolver as necessidades deles, é quase certo que o seu empreendimento estará sempre entre os ramos mais competitivos.

Graças a toda essa nova realidade, é possível conseguir atingir aquilo que chamamos de melhor mensuração de resultados. 

Pense que por meio de ferramentas digitais é possível demonstrar outros diversos serviços que estão obtendo os mais variados resultados.

Assim como a calibração de termometro é feita após diversas tentativas e erros, o resultado é gerado com o potencial de retorno de investimento gerado graças à competitividade da marca.

Tudo isso cria uma espécie de rota do sucesso, que basicamente funciona como um caminho a ser trilhado pela empresa que deu certo em outras diversas ocasiões. 

Team having a meeting

Aplicando na sua empresa 

Agora que compreendemos um pouco sobre o Data Marketing e os benefícios que ele poderá gerar para as empresas que passaram a aplicá-lo, é preciso saber como fazer para tornar esses dados uma realidade próxima a marca.

Muitas empresas compreendem aquilo que precisam realizar, mas infelizmente se perdem um pouco na realização das tarefas. Talvez seja pela dificuldade em encontrar uma boa liderança capaz de gerir as ações do negócio. 

É preciso criar um tipo de level sensor focado em compreender as tendências e ações necessárias para uma empresa. Já sabemos que o data marketing se baseia na obtenção e utilização dos dados de forma a compreender os consumidores da marca.

Utilizando o Big Data

O Big Data é um conjunto de técnicas utilizadas para lidar com grandes volumes de dados, isto é, além de conseguir compreender os limites quantitativos de todos os dados, é preciso interpretá-los da forma correta para a exposição certa.

Existem profissionais especializados em organizar dados em dashboards utilizando o Big Data e são pessoas muito bem remuneradas. Isto mostra a necessidade do mercado em trazer pessoas especializadas nesse ramo. 

Os principais são:

  • Ramo da medicina;
  • Gestão de tráfego;
  • Marketing e vendas;
  • Controle de Qualidade;
  • Finanças gerais (pessoais ou corporativas).

Utilizar o Big Data dentro da plataforma de Data Marketing da sua empresa é como um autotransformador de realidade, mas para isso, é preciso compreender o que chamamos de 3Vs do Big Data.

O primeiro V é o Volume, ou seja, é associado a grande quantidade de dados que podem ser gerados e capturados dos mais diferentes meios e formas. Seja dentro ou fora da empresa.

A Variedade fica em segundo, e está ligada aos diferentes tipos de geração de dados. Nesse caso, é preciso olhar a complexidade dos dados e quais as chances de serem úteis para o negócio. É feito toda uma organização para compreender isso.

E por último, a velocidade para conseguir transmitir e tratar de todos os dados. Por mais difíceis que sejam os dados a serem utilizados, eles precisam ser filtrados e organizados de forma rápida para que as ações possam ser feitas o mais rápido possível. 

Business charts commerce computer

Atingindo a pessoa certa

Uma empresa que irá começar a trabalhar nas redes sociais em busca de um engajamento maior para a imagem de sua marca, precisa compreender quais são as publicações que serão feitas e quem ela terá como objetivo de conquistar.

O diferencial competitivo, como já dissemos, é a forma como você consegue potencializar os efeitos das suas ações agindo diretamente no consumidor.

Há muitos efeitos que podem servir como sinks de engajamento, mas para que isso seja compreendido, é somente por meio do estudo de dados obtidos. 

Pense que você pode estar o tempo todo realizando o tipo de ação que não condiz com o deveria ser feito.

Sejam ações mais agressivas ou de maior contato com o consumidor, o importante é saber o tipo de conteúdo você deverá publicar. E olha que estamos falando apenas de um exemplo, que compõe as redes sociais, mas que poderia envolver outras áreas.

É deste modo que os cientistas e designers compreendem quais os tipos de cores e desenhos que são mais eficazes nos consumidores. Somando a todo um estudo psicológico, mas compreendendo a realidade da empresa na qual estão trabalhando. 

Silver imac displaying line graph placed on desk

Final considerations

No decorrer de todo o artigo compreendemos a real importância no marketing para vida de qualquer empreendedor. O mundo de hoje, assim como antes, é dependente da quantidade de dados obtidos. 

Portanto, acima de qualquer número de dados, é preciso saber interpretá-los e expô-los de forma correta para que seja possível a compreensão. Dessa forma, as ações que envolvem a empresa podem ser tomadas com muito mais facilidade. 

Esse tipo de ação é feita com as maiores empresas do mundo, e não está distante da realidade de uma sorveteria municipal ou até mesmo de um escritório imobiliário.

This text was originally developed by the blog team Investment Guide, where you can find hundreds of informative content on different segments.

Leave a Reply